Walk of Life

Walk of Life, Nonsense

Stranger in the night

And it's just me. The one who can't recognize himself. I try to say that I'm fine, but I know it is not, just a lil bit maybe. Being fine is something to be achieved? That damn thing is overrated. It's impossible to always feel completely in control and "happy" with everything. I'm out of flow, I want to get those pieces, but they never seem to end... I try, one by one and another, but they never seem to end. Pieces scattered all around, memories of pain n' happiness. Oh fuck, this bad moo
Ralf Schmitz Bongiolo
Ralf Schmitz Bongiolo
1 min read
Walk of Life, Nonsense

Vai ficar tudo bem!

[Tarde morosa com café frio e poucas ideias na cabeça.] A melancolia se senta aqui do lado querendo me abraçar, mas o abraço dela já não me conforta e por que haveria? Ela é egoísta, se finge de amiga, pega tudo e vai embora, sempre voltando para visitinhas indesejáveis... E é estranho como dizem que tudo vai ficar bem, mas eles não sentem o que você sente, eles não vivem você, eu já disse isso demais, as vezes digo até pra mim mesmo, em momentos que nem sei bem por quê. Fomos acostumados a a
Ralf Schmitz Bongiolo
Ralf Schmitz Bongiolo
1 min read
Walk of Life

Curvas

Adoro as curvas que levam pro lugar onde cresci, sempre gostei da paisagem, apesar que as vezes de tanto ir e vir por lá acabei por não reparar nos detalhes do caminho, naquele morrinho amontoado de bois, no córrego que corta a pastagem, na castanheira solitária... Uma das melhores épocas de se andar por ai deve ser nos "tempos de chuva", porque aqui no norte só temos duas estações: lama e poeira. As pastagens estão todas verdes, a maioria das árvores cobertas de folhagem, apesar que várias des
Ralf Schmitz Bongiolo
Ralf Schmitz Bongiolo
1 min read
Walk of Life

Invisível

Eu sempre quis ser invisível? Eu nunca quis ser notado? Havia em mim aquela sensação de que eu não tinha nada a oferecer ao mundo, então era melhor ficar quieto, porque se ele não me percebe-se não poderia cobrar nada. E assim ia, dia após dia, no meu cubículo de invisibilidade enfadonha e medíocre. A sensação de medo imediato podia até diminuir, mas a incompletude sempre esteve comigo, aquela sensação de não-realização, de estar no caminho errado, isso a invisibilidade não podia mascarar.
Ralf Schmitz Bongiolo
Ralf Schmitz Bongiolo
2 min read
Walk of Life

Sobre o medo da não aceitação

Como pessoa boba que sou, aprendi muitas coisas tarde, foi só último ano da faculdade que percebi estar quase terminando aquilo e não tinha "aproveitado", e dá-lhe festa nessa porra! Sempre tive problemas no tino social, de entender o que exatamente se passava ao meu redor, de entender o que as pessoas queriam dizer quando não diziam nada, ou quando diziam algo sem sentido, eu não compreendia, não conseguia pegar o feeling, me sentia mal, desnorteado, era horrível sair por ai. Mas o pior, foi q
Ralf Schmitz Bongiolo
Ralf Schmitz Bongiolo
4 min read
Walk of Life

O dia que eu desisti da vida

Não, isso não é uma mensagem de adeus. Talvez seja até pior, por que quem decide dar adeus escolheu o seu caminho, eu não escolhi nenhum caminho, eu sempre desisti de todos os caminhos. Infelizmente eu não sei bem qual foi o dia que isso aconteceu, se é que foi em um único dia (dúvido muito). Eu sempre senti algo, parecia uma sombra, se é que sombras podem ter peso, incomodando, as vezes quase imperceptível, outras bem visível. E ela sussurrava: - Não se preocupe, tudo vai ficar bem, senta ai
Ralf Schmitz Bongiolo
Ralf Schmitz Bongiolo
3 min read